Ainda Estamos Aqui - Filme

Bem, quando li a sinopse do filme, fiquei muito curiosa para assistir.
O tema é muito bom, mas infelizmente é mais um daqueles filmes confusos, que te me deixam frustrada.

Depois de perder o filho adolescente num acidente automobilístico, Paul e Anne se mudam para os pacatos campos de New England para iniciar uma nova vida. Entretanto, o casal logo descobre que a aparentemente pacífica cidade para a qual se mudaram esconde um terrível e obscuro segredo, e que a o casarão onde vivem é habitado por uma outra família - de fantasmas...
Um casal Paul e Anne, eles se mudaram para uma casa no interior de Nova York, um lugar distante de tudo com poucos vizinhos. Eles se mudaram porque haviam perdido um filho a pouco tempo, 2 meses atrás, e a falta dele,estava presente por toda a antiga casa.
Neste novo lar, Anne começa a perceber coisas estranhas acontecendo, existia uma presença na casa, e ela acreditava ser seu filho.
Com a insistência da esposa, Paul aceita convidar dois amigos Rippies, para passar uns dias em sua casa. Entra em cena May e Jacobs um casal pra lá de estranho, com uma sensibilidade aguçada, e com conhecimentos em contato com espíritos, (rituais, e todas essas coisas).
Quando May entra na casa, nota que existe uma presença estranha lá, e não pertence ao filho de Anne, o que assusta mais ainda o casal.
Eles eram novos na cidade e alguns vizinhos foram visita-los, um homem e uma mulher, que conheciam a fama da casa, e a história que ela carregava.
A 30 anos atrás uma família que morava ali, era dona de uma funerária e boatos rolavam de quem eles vendia corpos para uma universidade, e enterravam caixões vazios, e outros diziam que vendiam para orientais para servir de consumo, eles foram expulsos da casa, e tempos depois o Dona da casa morreu. Desde então o espirito da família ainda estava na casa, e para que não destruíssem toda cidade, a casa precisava de uma nova família.
Como em muitos filmes de terror existe um porão, e nele continha também uma caldeira, no caso o espirito estava "morando" lá.
Não demora muito para que tudo comece a acontecer, para falar a verdade o tudo acontece muito de pressa.
Na ausência de suas mulheres, Jacobs e Paul iniciam o ritual para invocarem o espirito da casa, o que não foi recomendado por May. A partir dai a coisa pega mesmo, e posso dizer que da até um "medinho" bobo.

Para se ter uma ideia do quanto é confuso, foi necessário utilizarem o pós-credito para explicarem boa parte do filme.
O que salvou de um completo desastre, foram os efeitos, ataques, sangue, violência em si, que são bons.
PARTICULARMENTE, filmes de espíritos, são bons quando o mal não é palpável, ou seja quando você fica com medo de uma força maior, não quando o espirito se materializa em uma criatura estranha e te ataca, ou algo do tipo.

Bem espero que tenham curtido, não esqueçam de deixar seus comentários, beijos e até mais.



Compartilhar:

ParticipeComentando

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Não esqueça de comentar