Minha Mãe é uma Peça - Filme

Olá Galera tudo bem?


Dona Hermínia (Paulo Gustavo) é uma mulher de meia idade, divorciada do marido (Herson Capri), que a trocou por uma mais jovem (Ingrid Guimarães). Hiperativa, ela não larga o pé de seus filhos Marcelina e Juliano (Mariana Xavier e Rodrigo Pandolfo), sem se dar conta que eles já estão bem grandinhos. Um dia, após descobrir que eles consideram ela uma chata, resolve sair de casa sem avisar para ninguém, deixando todos, de alguma forma, preocupados com o que teria acontecido. Mal sabem eles que a mãe foi visitar a querida tia Zélia (Sueli Franco) para desabafar com ela suas tristezas do presente e recordar os bons tempos do passado.

Por acaso, resolvi assistir esse filme, vi que poderia trazer algumas risadas.
O Filme começa contando um pouco do dia e da vida de Dona Hermínia, uma personagem muito cativante, grosseira e superar sincera, mãe de três filhos. Garibe o filho mais velho que já saiu de casa, o mais responsável e o único que nunca deu trabalho para mãe, Marcelina possuí um hábito incontrolável de comer muito, malcriada e respondona, já Juliano é o mais carinhoso e delicado, aflorando sua homossexualidade.
Agora vamos falar da Dona Hermínia, uma mulher sem papas na língua o que deixa o filme muito engraçado, e com esse jeito faz os filhos passarem por diversas situações constrangedoras.
Ela é divorciada e também uma mãe super protetora, acaba até sufocando os filhos.
Um dia Juliano e Marcelina estavam indo passar o dia com o pai e a madrasta, o que foi um alívio ficar longe da mãe louca, um pouco.
Juliano tinha um problema de asmas e esqueceu a bombinha em casa, dona Hermínia ligou para ele para lembra-lo, ao fim da ligação ele esqueceu de desligar o telefone e começaram a falar mal da mãe e ela do outro lada da linha ouvindo, ficou muito chateada e decidiu passar uns dias na casa da tia, para dar um gelo nos filhos.
Quando eles retornam, não encontram a mãe, a primeira coisa que eles sentiram foi fome, principalmente Marcelina.
Os dias passam e eles se viram como podem, enquanto isso Dona Hermínia reclamava e contava dos filhos o dia todo para a tia.
Até que Hermínia é abordada por uma equipe de TV durante um de seus passeios para dar uma entrevista, em meia as perguntas do repórter ela entra no assunto que mais lhe diz respeito "SER MÃE" , dando um conselho a todas sobre o assunto. Os filhos a vêm pela televisão, e vão atrás delas.
Eles pedem para que ela volte para casa. A audiência do programa foi enorme com sua entrevista, por esse motivo o canal de TV a convida para ter um espaço só dela na televisão, e claro ela aceita.
Resolve então fazer uma comemoração pequena em sua casa, para a grande estreia, e seu ex marido por quem ainda é apaixonada, comparecesse acompanhado da "piranha" de sua nova esposa, gerando um pequeno conflito entre as duas.

O filme conseguiu arrancar algumas risadas de mim confesso, bem legal uma forma de fazer uma homenagem para as mães de todos lugar, porem a história é um pouco fraca e previsível. Mas a Dona Hermínia é uma personagem muito boa, barraqueira e falar o que pensa, recomendo como um filme sessão da tarde, agora vocês confiram o filme e tirem as próprias conclusões.

Compartilhar:

ParticipeComentando

3 comentários:

  1. adoro esse filme, sempre que passa na tv eu assisto. Eu adoro o Paulo Gustavo
    rebeldiaemv.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Esse filme pra mim é um dos melhores nacional eu ri muito quando assisti ele .... poderia ter o 2 que com certeza iria ver ... Amei Brenda, beijoooos

    ResponderExcluir
  3. a ri muito com o filme, essa mulher é muito engraçada, HAHAH gostei muito.

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar