Quarteto Fantástico - Filme

Olá Galera tudo bem?

Quarteto Fantástico, não precisa conhecer muito sobre a história nos quadrinhos, para saber que passou longe de ser um filme muito bom.

Utilizaram a versão MARVEL ULTIMATE, uma especie de versão adaptada da história original, para ser possível efetuar mudanças significativas, o que realmente ocorreu neste filme.

Contando inicialmente o surgimento dos personagens, com Reed Richards, que ainda criança trabalhava em um teletransportador junto com seu melhor amigo Ben Grimm, e foi descoberto pelo Dr. Franklin Storm em uma feira de ciências, durante uma apresentação desta máquina do tempo.Reed foi chamado para participar de um sua equipe no Edifício Baxter, com alguns outros jovens superdotados. O projeto que ele se dedicou desde muito novo, anteriormente foi iniciado por Victor Von Doom um dos jovens (um pouco mais velho que ele, mais nem tanto), sendo assim a ideia de Franklin era unir os dois para darem continuidade na construção da máquina do tempo, juntamente com Sue Storm sua filha adotiva e Johnny Storm seu filho legitimo,Victor não gosta muito mas concorda.
Eles dão andamento então a elaboração, até que finalmente fica pronta e funciona.
A engenhoca chama a atenção do governo que decide assumir a frente e utilizar o projeto, deixando-os muito bravos com a ideia.
Ai que o "bum" da história se inicia.

Para constar, a única e exclusiva fonte para a resenha será o filme, não farei comparações com os quadrinhos, para não deixar o filme mais frustrante do que já é, supera as versões anteriores, mas mesmo assim não é tudo isso, não.

Eles queriam ser os primeiros a explorar o mundo que existia viajando abordo do teletransportador. E foi isso que acontece, Reed chama o amigo Ben para ir com ele, Johnny e Victor também vão, um lugar desconhecido, outra dimensão. Ao retornar algo da errado e Victor acaba caindo e ficando por lá, a porta do transportador não fecha direito, deixando todos expostos a radiação estranha do lugar.
Susan (Sue), percebe que a máquina foi ativada e tenta traze-los de volta, mas uma explosão entre uma dimensão e outra atinge a todos, que retornam, porem com super poderes, Susan como "Mulher Invisível", Johnny como "Tocha humana", Ben a "Coisa" e Reed "Homem Elástico"
Eles ficam sobre o domínio do governo que tinham a intenção de se aproveitar dos poderes deles. E a máquina é ativada novamente, 1 ano depois, e soldados são mandados para essa outra dimensão, dando de cara com Victor que sobreviveu até então, tendo poderes também e se tornando mais forte que todos os outros, passando a ser o Doutor Destino, o vilão diabólico.
Como resolvi ver o filme depois do surgimento de comentários, não vi com muita expectativa, o que foi bom, para achar mais interessante.
Os personagens são muito sem graça, conhecemos pouco sobre eles pelo filme, como por exemplo o Doutor Destino, que tem um ódio mortal, e muito mal contado, do quarteto e o resto do mundo, como um adolescente revoltado.
Susan e Johnny, parecem não serem tão próximos, mesmo sendo irmãos, pouco se falam, o porque da criação da máquina de Victor no inicio, são pontos que foram pouco abordados e que com certeza, deveriam ser.

Espero que tenham gostado, não esqueça de deixar os comentários de vocês, beijos e até mais.

Compartilhar:

ParticipeComentando

8 comentários:

  1. Esse filme foi a minha decepção do ano. Fui com muita expectativa assistir, e me arrependi. Esperando pelo dia que o quarteto fantástico vai ter um filme digno e bem feito.

    ResponderExcluir
  2. Realmente o filme deixou a desejar, se você olhar como um filme de ficção científica e esquecer que é o quarteto fantástico o filme é até que mais ou bem menos rs, pois a idéia da FOX era essa proposta fazer um filme que não fosse tãããããão de super heróis para no segundo fazer um filme de super-heróis, mas o tiro saiu pela culatra, tanto que o crossover com X-Men nem deve sair, enfim o filme realmente decepcionou...

    ResponderExcluir
  3. Amei sua crítica, muita gente falou que o filme não foi muito bom mesmo, por isso fiquei até com medo de assistir, ainda mais por não ter visto nenhum quarteto fantástico ainda! É bom que quando assistir, não vou com muita expectativa! Adorei seu blog e estou seguindo =) Beijão

    Estranha no Paraiso | Facebook | Instagram | Twitter | Youtube
    SNAPCHAT: alineeb8

    ResponderExcluir
  4. É impressão minha ou a Marvel fica colocando um filme dentro do outro, ainda não vi esse filme, mas os outros filmes q eles vem fazendo nossa mano é personagem de um filme no outro ... As vezes vc tem que ver um filme pra entender o outro rs .. Amei o pôster Brenda , linda sou sua fã♡

    ResponderExcluir
  5. Achei legal sua resenha, mas não achei tão ruim assim o filme, até fiz uma resenha no meu blog também, se quiser dar uma olhada

    http://blogdaluasz.blogspot.com.br/2015/09/resenha-quarteto-fantastico-2015.html

    Beijos, sucesso!

    ResponderExcluir
  6. Oi Brenda!
    É uma cópia da versão anterior, a mais antiga, apenas com novos atores e mais atualizada em relação a tecnologia. O que não quer dizer que é ruim porque adoro os filmes da Marvel e suas histórias.
    “A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido e não na vitória propriamente dita.”(Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  7. Esse filme não foi exatamente o que eu esperava, mas também não foi assim tããããão ruim. De fato, a minha expectativa foi bugada, mas essa nova adaptação me soou muito sessão da tarde. :v


    Cê acha que eles vão continuar? Só espero que não flope desse jeito.


    jatracei.com

    ResponderExcluir
  8. Uma pena que esse filme não deu certo, mas você apontou bem os defeitos. Personagens caricatos, pouca interação mesmo entre os membros da família e uma falta de sentimento na história como um todo.

    Eu gostei de algumas coisas, como toda a parte de origem, mas o resto... de qualquer forma, sou fã do Quarteto, então tento gostar pelo que ele teve de bom. Espero que todos possamver o potencial da equipe numa próxima (e mais bem feita) versão.

    Parabéns pelo texto!

    Abraços, João
    conversacult.com.br

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar