Suicidas - Livro Raphael Montes

Olá Galera, tudo bem?

Um livro, mais posso dizer, que foi O livro...

Para começar o melhor livro que já li.
Não posso ser tão má de contar esse livro para vocês então farei uma resenha de somente o que posso dizer.
Um porão, nove jovens e uma Magnum 608. O que poderia ter levado universitários da elite carioca – e aparentemente sem problemas – a participarem de uma roleta-russa?

Um ano depois do trágico evento, que terminou de forma violenta e bizarramente misteriosa, uma nova pista, até então mantida em segredo pela polícia, ilumina o nebuloso caso. Sob o comando da delegada Diana Guimarães, as mães desses jovens são reunidas para tentar entender o que realmente aconteceu, e os motivos que levaram seus filhos a cometerem suicídio.


Por meio da leitura das anotações feitas por um dos suicidas durante o fatídico episódio, as mães são submersas no turbilhão de momentos que culminaram na morte dos seus filhos. A reunião se dá em clima de tensão absoluta, verdades são ditas sem a falsa piedade das máscaras sociais e, sorrateiramente, algo muito maior começa a se revelar.


Vamos começar pela capa.
Eu achei simplesmente linda, chama atenção, com certeza, o sangue a arma, eu adorei.
Uma casa, dois amigos de infância, de repente tudo parece perder o sentido, eles decidem então participar de uma roleta-russa.
"Eu acredito que existe uma força oculta que nos empurra em direção ao precipício. Uma hora você chega à beirada, prestes a cair no abismo, e percebe que deve enfrentar essa força oculta, apesar das dificuldades. Mas uns não conseguem e preferem de jogar."
Alessandro tem um sonho, se tornar um grande escritor, quer que sua obra seja reconhecida, mais está cada vez mais difícil ser aceito pelas editoras.
Zak seu melhor amigo, famoso no meio das meninas, rico, bonito, tem tudo o que qualquer um sempre sonhou.

"Nessa vida, basta uma decisão errada para tudo ir por água abaixo. Ele tomou a decisão ele errada. Ele escolheu esse caminho. Não posso sofrer por uma escolha dele."


Tudo acontece no porão da casa de campo da família de Zak.
Todos embriagados e alucinados por conta das drogas, decidem que precisão se matar.
Todos os acontecimentos dentro do porão, estão sendo descritos, no livro que Alessandro está escrevendo, dizendo ser o livro que o levará ao sucesso. Mesmo que para isso ele precise morrer.

Um livro surpreendente, você se impressiona do começo ao fim.
E QUE FIM .O livro é perturbador, muito misterioso. Os acontecimentos vão se desenrolando no decorrer da história.

O que mais me intrigou...
Ler um livro em que os personagens, que com o decorrer do livro você acaba se apegando, estão mortos.
Isso mesmo.. suicidas. Um delegada Diana Guimarães tentando desvendar o que levou esses jovens a praticarem roleta-russa.
As mães esclarecendo tudo, e ao mesmo tempo nada, sobre o caso, 1 ano depois.

O final nossa, incrível, muito bom me deixou de boca aberta.O tempo todo você se pergunta:
" como?! , porque? "


Não tem nenhum momento que o livro entra em uma rotina.

"Até que ponto realmente conhecemos as pessoas?"
O autor é super jovem mais já foi muito consagrado com esse sucesso, merecido.
Espero que amem, e recomento que corram para ler o livro é espetacular


Abraços e até mais...













Compartilhar:

ParticipeComentando

4 comentários:

  1. Oi Brendinha! Gostei bastante da resenha e dá uma vontadezinha de ler, apesar de eu ficar meio impressionada com essas coisas da cabeça humana, é fascinante até como tudo funciona!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Quero MUITO ler Raphael Montes!
    Já o vi no Globo News Literatura e me chamou muito a atenção.
    Adorei a resenha!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. gente que livro é esse
    vou procurar pra ler olha :)
    simplesmente adorei o enredo o tema preciso definitivamente ler

    www.meumuraldeideias.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa estou para ler esse livro, deu uma curiosidade absurda HAHAH adorei a resenha

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar