Como Não Perder essa Mulher - Filme com Scarlett Johansson

Olá Galera, tudo bem?
Jon (Joseph Gordon-Levitt) um cara que mora sozinho, e não pensa em nada sério no momento, típico cara garanhão, adora sexo, mais sua paixão mesmo é a pornografia.
Uma espécie de vicio, cada dia precisa de mais. Nunca estava satisfeito com a coisa no real, porque nunca seria como nos sites que visitava.
Todos os domingos, era fiel na igreja que frequentava, não perdia o habito de se confessar para o padre, sobre tudo o que tinha ocorrido na semana.
Conhecido como Don Jon, por ter a fama que tinha, chegava na balada com seus dois amigos Bobby e Danny, e escolhia a mulher mais linda e aquela que chamasse sua atenção, dando uma pontuação para cada uma delas, de 0 a 10.
Era muito fácil conseguir uma companhia para a noite, mais ao mesmo tempo muito frustrante, por serem todas somente boas, nada como no pornô.
Durante a balada, ele encontra a garota nota 10, linda, perfeita, conseguiu alguns beijos mais depois disso ela vai embora, deixando o cara intrigado, com aquela mulher.
Pergunta o nome dela para todos que aparentemente poderiam conhece-la, naquele lugar, e descobre, BARBARA SUGARMAN (Scarlett Johansson), no Facebook, conseguem marcar um encontro.
A gata aparece curiosa para saber as intenções do bonitão, mas deixa claro que não será tão fácil assim.
Um se interessa pelo o outro e quem sabe ela não é a mulher que pode mudar sua vida sexual, de verdade?.
O cara Acaba namorando com ela, e fazendo todos os seus caprichos, para enfim leva-la para cama.

Iniciou uma faculdade, deixou de sair com os amigos, e até mesmo um habito comum como limpar seu quarto, ele estava disposto a não fazer mais.
Conheceu seus pais, suas amigas, e ela da mesma forma, conheceu também seu computador que continha um histórico, bem cabeludo.
A loira endoida, e deixa bem claro que não queria vê-lo assistindo aquele tipo de coisa.
Começou a acompanha-lo no academia, na balada e fazer parte da sua vida e claro como toda mulher, querendo mudar também um pouquinho as coisas.

Falando um pouco mais sobre a Barbara, uma mulher linda, muito certinha, que queria que tudo anda-se como diz o roteiro. O pai de Don se encanta com bela moça, a mãe fica mais feliz ainda por finalmente o filho assumir um compromisso de verdade, mas aquela situação ainda estava desconfortável para ele que nunca teve mulher nenhuma ao seu lado.
Na Faculdade, uma mulher já aparentando um certa idade, aparecia constantemente em seu caminho de uma forma muito inconveniente, mais conseguindo a atenção de Don, aos trancos e barrancos.
Ele passou a assistir pornografias no celular para não ser pego pela namorada. Essa senhora, flagra um dos momentos em que ele assistia, em seu celular, e faz alguns comentários que deixam o cara bem incomodado, evitando sempre encontrá-la.


Mas era impossível entender porque não podia parar de assistir aquilo, era bom demais, fora que era a única forma que ele encontrava para se masturbar.
Barbara decide fazer um tipo de surpresa e liga para Don dizendo que vai até a casa dele depois da faculdade.

Quando o cara chega, ela está enfurecida e aos prantos, com o computador dele na frente dela. Ela achou diversos links de pornografia novamente no seu histórico, dando um fim no relacionamento dos dois, dessa forma.
Ele fica um pouco pensativo, mas nada que o impeça de assistir mais um pouco de seus vídeos favoritos.

Ainda estava indo a faculdade onde encontra a Senhora inconveniente de novo, mas dessa vez não perdeu tempo, e levou ela para carro.
Depois de uma rapidinha, ela faz algumas perguntas que deixam pensando no fim do relacionamento, e no que estava fazendo.

Continuaram se encontrando, até que um dia na casa dela, em uma conversa, expõe a ele, que o sexo com ele era UNILATERAL, ou seja, o cara era egoísta e parecia que estava transando com uma boneca inflável (HAHA). Descobre com ela, como a coisa funciona de verdade.
Em fim ele encontra a garota nota 10 novamente para se desculpar. Mas termina o filme ficando com a moça da faculdade.
Um filme que poderia ser muito mais explorado, mas infelizmente o final deixou muito a desejar, estragando o filme. Posso estar sendo um pouco sem noção, mas achei que esse titulo para o filme também não faz muito sentido, se no fim não é tão romântico assim e ele perde a garota!
Espero que tenham gostado, deixem seus comentários, e até mais...

Compartilhar:

ParticipeComentando

7 comentários:

  1. Ahhhhh, eu adorei esse filme. Eu achei ele um pouquinho cabeludo, mas ele é muito bom e não existe nenhum tabu no filme. O Jon gosta de pornografia e ponto final. Eu fiquei meia encucada com o título do post, porque se você tivesse dito que o filme era com o Joseph Gordon-Levitt e a Julianne Moore eu até entendia, não gosto muito da Scarllet. Olha, realmente eu nunca tinha lido nenhuma resenha como a sua. Você manda muito bem, eu adorei!

    Beijocas! <3

    ResponderExcluir
  2. Achei o filme bem fraco. Pelo trailer eu esperava que o filme fosse bom mas me decepcionei.
    Beijos.
    http://recolhendopalavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Esse filme é muito bom eu já vi umas 3 vx e tem partes que são engraçadas demais !

    ResponderExcluir
  4. nao gostei da história... mas foi uma ótima resenha, explicou bem o filme
    www.rumorandhorror.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Vou estar vendo fds que vem!! Boa dica. ;)

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei do filme e é legal ver em casal pra acompanhar os acontecimentos e comentar o gosto desse tipo de homem como o protagonista. Vendo o trailer achei que seria comédia, mas é quase um drama. Mesmo assim gostei! Beijos.

    www.anyellemagnani,blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar